Sumida

Hello galerinha, quanto tempo em … Eu andei bem sumidinha essas semanas, não foi nada com você, eu juro! Confesso que eu precisava de um tempo pra mim, pra colocar as coisas no lugar e encontrar meu centro de equilíbrio. Acho que as vezes a gente precisa desse tempo, precisa parar um pouco a correria do dia-a-dia e redefinir objetivos, não é mesmo?

Por isso hoje eu vim contar pra vocês como foram essas semanas loucas aqui de São Paulo haha, esse mês eu fiz praticamente uma postagem, e pra quem escreve e pesquisa todo dia, sabe que isso é inadmissível! Mas eu tenho uma explicação, eu acho rs

Pra começar resolvi começar um curso super legal pela Belas Artes aqui de SP, um curso rápido, de 1 mês. O curso chama Fashion Blog, ensina as ferramentas e o dia-a-dia de um blogueiro, o que é bem legal, tô aprendendo muito! Mas isso já me tomou um tempo, porque toda semana tem conteúdo novo, fórum, chat, trabalho e prova, ufaa, muita coisa. Depois teve o trabalho na Zara, três semanas puxando hora e trabalhando muito por causa do dia das mães, a loja estava um loucura hahah, chegava tarde todos os dias e tinha que estudar, fazer comida enfim… Mas o principal motivo mesmo foi que eu precisa de um tempo pra mim, eu já não estava indo na academia, nem comendo direito, estava ansiosa, chegava em casa e só queria dormir.

Tentei não exigir muito de mim, sabe? Eu não queria mais criar um personagem, ou agradar a todos, eu precisava descobrir quem eu me tornei e o que eu quero da minha vida, pra onde eu quero ir, essas coisas sabe? Comecei a ouvi umas bandas novas e parei de me comparar com todas as outras pessoas ao meu redor. Todos os dias a gente muda um pouco mais e nem sempre isso acontece na mesma velocidade ou da mesma forma pra todo mundo. Isso é maravilhoso e assustador. Quando a gente cresce e casa, como eu, tudo fica diferente, se você quer comer algo diferente, de duas uma, ou você compra, ou você faz, mas na verdade tudo que eu queria mesmo, era a comida da minha mãe, chegar em casa e já estar tudo prontinho, queria a companhia, a conversa, o abraço, enfim …

Eu só sei que no fim das contas, comecei a perceber que a vida estava passando e eu aqui parada, pensando em todas as dúvidas que me assombram, em todas as coisas da vida, na saudade de casa e dos meus pais e irmão. Sério, eu estava com muita saudades de casa, do colo da mamãe e até da guitarra do meu irmão rs. As coisas boas a gente só percebe o quanto são boas quando estamos longe. Mas graças a Deus, esse fim de semana que passou pude rever minha família e amigos, me senti importante de novo, e vi que eu preciso continuar, que a vida é assim mesmo, cheia de chegadas e partidas, mas o importante é levar consigo só o que importa, e saber que a vida passa, mas quem nós somos permanece pra sempre, em nós e naqueles que nos rodeiam!

Seguindo nesse pensamento eu continuo, dia-a-dia na correria aqui de sp, na saudade de casa, mas acima de tudo na certeza de que tudo vai dar certo, e eu vou chegar nos meus objetivos sim, mas quero apreciar o caminho e viver!

Então se preparem porque tem bastante post novo no forno pra vocês 🙂

Um beijo pra todos ❤ 🙂

Anúncios