Animale na #SPFWn42

Na passarela, a coleção da Animale para o verão está incrível e detalhe – parte da coleção já está á venda na principal loja da marca na Oscar Freire aqui em SP. A coleção foi inspirada nos Hamptons (NY), considerado o berço do expressionismo e também onde viveram artistas como Jackson Pollock e Willem de Kooning. É um lugar famoso também por ser uma região de pescaria, turismo e belezas naturais.

Vitorino Campos, estilista da Animale se inspirou também em roupas que se adequassem ao calor porque as roupas já iriam pra vitrine imediatamente. O resultado prático foram camisas brancas folgadas, amplas, com a modelagem do momento, e calças curtas com gancho baixo de linho puro engomado. Depois, uma sequência interessante de peças em jeans curtas, soltas e claras, em um tom delavê bem bonito. Entre elas, destaque para um treach coat de verão, longo e levinho.

Do universo da pescaria, vieram bons exemplos de criatividade na modelagem. Peças em algodão com amarrações, ilhoses aparentes e bolsos práticos chamaram a atenção no desfile. Vestidos desenvolvidos com um fio de seda tramado, desgastado e meio esburacado de propósito faziam alusões claras às redes. Um trabalho de aplicações em escamas mesclou jeans e paetês de um jeito legal, causando um efeito diferente nos modelos.

Na série de roupas de noite, apareceu o lamê, vestidos de um ombro só, fendas e bijoux em metal prateado. Uma curiosidade: está em alta usar brincos diferentes, geralmente, feitos com comprimentos opostos, um grudado na orelha e o outro grandão. Mas o material de ambos é o mesmo.

Parece que a vibe geral do desfile foi bem anos 1980, apesar é claro de a moda hoje estar muito democrática e os estilos bem misturados! Até a camisaria desconstruída, com mangas amplas, bufantes e longas cobrindo as mãos, são herança da década. Mas foram modernizadas de um jeito urbano pelo estilista.

O que mais amei na coleção foram os babados, silhueta mais justa e pele à mostra, criando um conceito novo sob o ponto de vista que todos podem ser e vestir o que quiserem! Com a internet hoje tudo é mais fácil, ninguém precisa mais saber o que é certo e o que é errado, cada um veste o que se sente bem e o que tem condições de comprar, a moda hoje é muito democrática.

Vitorino Campos disse: “Peguei o que há de mais simples, trabalhei com as sutilezas”. E foi essa a sensação que ficou ao final da apresentação.

animale 1.png

Imagens: reprodução SPFW

Anúncios